Pesquisar

Abrigo

As árvores humanizam a gente.
Sob a regência do vento,
suas folhagens assobiam.
Somos sinfonia vivente.

Vidas entrelaçadas em seus braços.
Sinal de longeva existência.
Tamanha estatura assim
exige tempo certamente.

Desejei, por um momento,
ser árvore frondosa e forte.
Esperaria tanto
para alcançar feliz sorte?

Mas um pequeno arbusto,
contou-me o segredo:
também carrego vidas comigo,
sou abrigo.
Não tenhas medo.

Dom Geovane Luís Da Silva
Seja serviço de amor | Bispo diocesano de Divinópolis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira
plugins premium WordPress Pular para o conteúdo