Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post

Papa Francisco Enfatiza a Importância da Unção dos Enfermos como Sacramento de Esperança e Cura

Este mês, julho, o Papa Francisco nos convida a incluir em nossas orações o cuidado pastoral dos enfermos. Em sua mensagem de julho, transmitida através da Rede Mundial de Oração do Papa, o Pontífice destaca a importância da Unção dos Enfermos, sacramento que proporciona consolo espiritual aos doentes e seus entes queridos. Francisco esclarece que a Unção dos Enfermos não deve ser vista como um sacramento exclusivo para aqueles que estão prestes a morrer. Ele enfatiza que este sacramento é uma forma de trazer esperança e não deve ser associado automaticamente ao fim da vida. “Pensar assim é desistir de toda a esperança. É dar por adquirido que depois do padre vem o coveiro”, alerta o Pontífice.

A Unção dos Enfermos tem uma dimensão comunitária e relacional significativa. O Papa Francisco, em uma Audiência Geral em fevereiro de 2014, relembrou que, nos momentos de dor e doença, ninguém está sozinho. O sacerdote e a comunidade cristã se unem em torno do doente, alimentando a fé, a esperança e oferecendo apoio com orações e calor fraterno. Este sacramento assegura a proximidade de Jesus ao sofrimento dos doentes e idosos, oferecendo alívio e perdão dos pecados. Francisco destaca que a Unção dos Enfermos é frequentemente esquecida ou mal compreendida, mas é uma forma poderosa de Jesus aliviar, fortalecer e dar esperança aos doentes.

“Rezemos para que o sacramento da Unção dos Enfermos dê às pessoas que o recebem e aos que lhes são mais próximos a força do Senhor e se torne cada vez mais um sinal visível de compaixão e esperança”, conclui o Papa. Padre Frédéric Fornos, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, reforça que a Unção dos Enfermos deve ser vista como um sacramento de consolação e esperança, não apenas como preparação para a morte. Ele salienta que toda a comunidade cristã apoia os doentes com orações, alimentando a fé e a esperança e assegurando que não estão sozinhos no sofrimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira
plugins premium WordPress Pular para o conteúdo