Pesquisar

Livro de Dom José Alberto Moura sobre São Gaspar Bertoni é lançado em Montes Claros

Quando publicou sua tese de doutorado sobre “O Espírito Santo no carisma do Pe. Gaspar Bertoni” em 1988, em Roma, Dom José Alberto Moura era o Superior Geral da Congregação dos Estigmatinos. Trinta e cinco anos depois, já como arcebispo emérito de Montes Claros, Dom José Alberto aceitou o convite do superior provincial da Província Estigmatina de São José, Pe. Adriano José dos Santos, e revisou sua tese sobre o fundador da Congregação para que fosse publicada em um livro.

Intitulado “O Espírito Santo no carisma de São Gaspar Bertoni”, o livro foi lançado na Arquidiocese de Montes Claros, em 1º de fevereiro, no Centro Paroquial da Catedral de Montes Claros. A cerimônia de lançamento contou com a presença do Arcebispo Metropolitano de Montes Claros, Dom José Carlos de Souza Campos; do Pe. Isaac Celestino de Assis, representando a Congregação dos Sagrados Estigmas; além de autoridades políticas e civis, representantes do clero e leigos da Arquidiocese de Montes Claros.

Ao falar sobre Dom José Alberto, Pe. Adriano Celestino destacou que o arcebispo é testemunho de ardor missionário e, ao longo do período em que foi sacerdote na congregação, contribuiu em várias paróquias e frentes missionárias. Para o sacerdote estigmatino, o título do livro é bastante provocador. “Dom José nos instiga a ouvir o Espírito Santo na vida de um santo, na vida de São Gaspar Bertoni, acredito que este livro é uma contribuição para que a gente possa descobrir o Espírito Santo em nós, nas ações do dia-a-dia. Ao ler o livro nós somos convidados a perceber o Espírito Santo nas realidades temporais”.

Composto por nove capítulos, “O Espírito Santo no Carisma de São Gaspar Bertoni”, relata momentos importantes na vida do fundador da Congregação dos Sagrados Estigmas, adentrando nos seus momentos de oração, discernimento e ação apostólica.

Para o autor, São Gaspar foi um homem que soube exercer liderança em um período histórico de grandes desafios. “São Gaspar Bertoni foi um grande líder em sua época. Com as guerras de Napoleão Bonaparte houve um arrefecimento da fé em geral e também uma influência negativa no clero e na juventude. Gaspar foi um grande líder da juventude, criou os oratórios marianos, renovou a espiritualidade do clero da época e fundou a congregação para ser de pessoas que ajudassem os bispos nas dioceses”.

Um dos aspectos do carisma Bertoniano é a fraternidade. Ao falar da vida fraterna, Dom José Alberto destaca que “a primeira coisa que Jesus ensinou foi amar a Deus e ao próximo, e para amar o próximo, como diz São João Evangelista, a gente tem de dedicar mesmo a causa dele; no conviver fazendo o bem, promovendo a dignidade da pessoa humana e dando sempre à mão a quem precisa”.

O arcebispo emérito de Montes Claros enfatiza que São Gaspar era uma pessoa muito desapegada e ajudou muito os mais necessitados. “Ele foi um grande exemplo de sensibilidade para quem é mais carente, e a fraternidade, que é a caridade que começa em casa, demonstra se a pessoa está seguindo a Jesus Cristo. Sem o amor, sem a fraternidade, a pessoa vive para que? E para quem? O que Deus nos pede é que amemos uns aos outros.”

A presença de Dom José Carlos no lançamento do livro foi significativa para Dom José Alberto, que agradeceu por reservar parte de seu tempo para a ocasião especial. O arcebispo metropolitano expressou admiração pela disposição de Dom José Alberto em produzir o livro. “O que se destaca é que sempre é possível produzir; me encanta muito ver Dom José Alberto com quase 81 anos e ser capaz de dedicar-se ao trabalho de atualizar e facilitar uma tese doutoral, de onde brota este livro que ele agora nos apresenta. É emocionante ver isso; um homem nesta idade dar conta de dedicar-se a este trabalho tão exaustivo.”

Dom José Carlos enfatizou a importância do livro sobre São Gaspar Bertoni ao mostrar que, “Deus não dá carismas que florescem e morrem, o carisma permanece.” Ele ressalta que, mesmo tendo vivido em outra época, o fundador dos Estigmatinos permanece em nosso meio. “São Gaspar Bertoni se mostra atual na presença daqueles que, estando no carisma, no caminho espiritual dele, continuam o seu legado de cuidado, de cooperação, de parceria.”

O interesse das pessoas no lançamento do livro foi destacado por Dom José Carlos, que observou: “Me encantou perceber aqui muita gente que veio para prestigiar, para certamente conhecer a obra, conhecer este santo, que talvez para nós não seja tão conhecido, mas que agora, através desta obra, vai se tornar também um santo que vai compor a lista de ladainha de muitos de nossos irmãos e irmãs aqui de Montes Claros.”

Muitos dos leigos presentes no lançamento do livro vieram da Comunidade São José, que pertence à Paróquia São Sebastião, na Vila Guilhermina.

A paroquiana Elza Caires, atuante na Comunidade São José, fez questão de estar presente e prestigiar o lançamento do livro. “Dom José Alberto é atuante em nossa comunidade, ele celebra lá todas as quintas-feiras. Ele contou para a gente a história de São Gaspar, e eu achei muito interessante. Quando ele disse que ia lançar o livro, achei interessante vir em homenagem a ele, que é uma pessoa muito carismática, e o livro vai ajudar muito a gente na nossa atividade pastoral”.

O livro do arcebispo emérito de Montes Claros, “O Espírito Santo no carisma de São Gaspar Bertoni”, pode ser adquirido no Centro Paroquial São João Paulo II da Catedral Metropolitana de Montes Claros, na Praça Pio XII, 109, Centro em Montes Claros/MG. Mais informações pelo telefone/WhatsApp (38) 98423-8384.

Comunicação Arquidiocese de Montes Claros
Fotos: Laura Tupinambá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira
plugins premium WordPress Pular para o conteúdo