Pesquisar

Pastoral Familiar diocesana de Sete Lagoas realiza formação do INAPAF

A Pastoral Familiar da diocese de Sete Lagoas, realizou no último fim de semana, 20 e 21 de janeiro, os módulos de 1 a 4 de formação proposta pelo Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar (INAPAF). O encontro aconteceu na Paróquia do Divino Espírito Santo em Sete Lagoas (MG) e foi direcionada a casais representantes da Pastoral nas paróquias da diocese. Ao todo, 18 pessoas participaram dessa etapa de formação.

O casal coordenador no Regional Leste 2, Sílvia e Gilberto, esteve presente na formação para ministrar conteúdos aos participantes, em conjunto com Sônia e Binho, membros do Núcleo de Formação e Espiritualidade do Leste 2. Os módulos ministrados foram: 1 – Boa nova e ética na evangelização da família; 2 – Vocação e Missão da pessoa humana; 3 – Dignidade e promoção da vida humana e 4 – A sexualidade humana.

Os temas abordados contribuiram para que a formação dos agentes pastorais destacassem os valores humanos e evangélicos nos relacionamentos e ainda sobre a educação para a vida familiar, comunitária e social e ampliam, ao mesmo tempo em que se complementa e aprofunda, os temas da fase anterior, o que torna importante a formação continuada do serviço pastoral. Afirmou o Antônio, coordenador diocesano da Pastoral Familiar.

Dom Francisco Cota de Oliveira, bispo diocesano de Sete Lagoas, também participou do evento. Ele acolheu os participantes, manifestando alegria em ter uma equipe formada com qualidade para atuar na evangelização das famílias, na Comissão Vida e Família da diocese e na implantação do Núcleo de Formação do INAPAF em Sete Lagoas.

Na diocese de Sete Lagoas, a Pastoral Familiar compõe a Comissão Diocesana Vida e Família, A Comissão tem como atribuição o serviço e a promoção da Cultura da Vida e do Amor, através do anúncio do Evangelho da Família e do Evangelho da Vida.

Sobre – A Pastoral Familiar surgiu da necessidade de atuação da Igreja junto às famílias devido às amplas, profundas e rápidas transformações da sociedade e da cultura, pondo em questão esta instituição que constitui o cerne da sociedade. A família sempre foi de grande importância para a Igreja pois através dela que o homem começa sua vida, forma sua base.

Com informações da diocese de Sete Lagoas e do casal Sílvia e Gilberto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira
plugins premium WordPress Pular para o conteúdo