Pesquisar

Nove mil fiéis participam da 15ª edição da Via-Sacra Jovem

No último domingo, 25 de fevereiro, o segundo da Quaresma, a juventude da Arquidiocese de Juiz de Fora se reuniu e mostrou sua força. Segundo a Polícia Militar, cerca de nove mil pessoas participaram da 15ª edição da Via-Sacra da Juventude ao Morro do Cristo.

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Cidade Alta, mais uma vez, acolheu a juventude, que antes das 8h já chegava com muita energia. No local, a Santa Missa foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, concelebrada por padres e contou com o auxílio de diáconos e seminaristas de nossa Igreja Particular.

Em seguida, os jovens deram início à Via-Sacra, rezando, meditando as estações da Paixão de Jesus e caminhando rumo ao Morro do Cristo, como acontece desde 2010, conforme o idealizado pelo Arcebispo Metropolitano.

Ao contrário do que muitos podem imaginar, em meio a milhares de jovens, era possível ver mais do animação e alegria, era visível em seus rostos: fé, devoção, unidade, respeito pelos momentos da celebração e também reflexão.

Para Maria Clara Almeida, de Bom Jardim de Minas (MG), a ocasião foi também o pontapé inicial para a organização de um grupo jovem em sua cidade. “A gente tá gostando bastante! É nossa primeira vez vindo com todo mundo. A juventude estava meio parada, agora parece que tá surgindo de novo, é muito legal ver isso perto da gente; a gente fica muito feliz”.

Algumas jovens do grupo Jovens Amigos de Cristo (JAC), de Santa Rita de Ibitipoca (MG), realizaram a caminhada descalças. Uma delas foi Sara Nascimento, que, em entrevista, explicou o motivo de tal escolha. “É um ato penitencial mesmo. A gente acredita que Jesus sofreu tanto por nós, que fazer isso não é nada, comparado ao que ele sofreu. Tá sendo um pouquinho dolorido, mas com Deus a gente vence”.

Vivências espirituais diversas

A iniciativa tradicional na arquidiocese reúne jovens de todas as idades. José Vitor, de 10 anos, participou do evento pela segunda vez. “ É muito legal, por causa do bispo, da Missa, das medalhas. Eu vou dar meu máximo e tentar subir”, relatou o menino, que é coroinha da São Pio X.

Neste ano, a experiência da subida contou até com banho de mangueira entre as ruas dos Jardim Imperiais. No entanto cada jovem teve sua vivencia. “Foi difícil subir, estou até passando um pouco mal, mas é uma experiência muito boa. ‘Imagina Jesus carregando a cruz subindo isso’. É difícil, mas é muito bom. É muito bom estar com o grupo aqui e todas as pessoas que vieram também”, disse Deiviane Maria, do grupo Unidos pela fé em Cristo de Bocaina de Minas (MG).

Cada vez mais família estão presentes nas Vias-Sacras, em busca de mostrar exemplos de santidade e vivenciar a fé com as crianças. Nem mesmo o calor intenso espantou os fiéis. “É impressionante, mas eu não estou cansada. É uma experiência bem contemplativa, muito boa, que faz nós crescermos na nossa fé. Contemplar a Via-Sacra é contemplar a vida de Jesus e o que ele fez por cada um de nós”, afirmou Luciene Oliveira, que foi com as duas filhas e o esposo.

Saldo final: gratidão

O Assessor da Pastoral Arquidiocesana da Juventude, Padre Robert Teixeira, mostrou-se satisfeito com o evento. “Terminando mais uma Via-Sacra não tenho outra palavra senão ‘gratidão’ pela juventude que abraçou mais uma vez, milhares aqui presentes refletindo sobre o tema de Isaias 53, ‘tomou sobre si nossas dores, por suas chagas fomos curados’. É esse caminhar com Jesus, pra Jesus, na certeza de que ele caminha conosco e sustenta todo trabalho da juventude”, disse ele.

“Sucesso total nossa Via-Sacra! Milhares de jovens vindos de todas as paróquias e cidades. Quero agradecer a Deus por essa benção histórica. Deus seja louvado por esse momento tão belo e tão importante para nossa Igreja Particular Diocesana”, declarou Dom Gil.

Ao final da caminhada, ao dar a sua bênção aos presentes, o Pastor Arquidiocesano convocou cada jovem a viver a Jornada Eucarística Jovem. O evento foi anunciado oficialmente ao final da Missa e será no dia 25 de agosto no Centro de Evangelização da Comunidade Resgate. Ele está sendo promovido devido ao Ano Eucarístico, aberto no dia 1º de fevereiro de 2024, no contexto da Festa do Centenário Diocesano.

Veja mais fotos aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira
plugins premium WordPress Pular para o conteúdo