CEBs Leste 2 promove encontro para preparar participção no XV Intereclesial e eleger novos articuladores

Os representantes das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) do Regional Leste 2 (Minas Gerais) reuniram-se nos dias 03 a 05 de março na Paróquia Nossa Senhora do Belo Ramo, em Belo Horizonte. O evento foi realizado para organização e fortalecimento do XV Intereclesial das CEBs, que será realizado em Rondonópolis (MT), entre os dias 18 e 22 de julho.

O momento de espiritualidade, reflexão e articulação da caminhada do organismo no estado mineiro partiu-se do impacto da realidade sobre as comunidades, passando pela análise eclesial da possibilidade de uma “implosão” e, por fim, a definição da composição do quadro de articuladores e assessores da CEBs de Minas.

Duas questões nortearam os trabalhos da manhã do dia 04 de março: o impacto da realidade do país sobre as nossas comunidades e o impacto da realidade eclesial sobre as CEBs. Em trabalhos de grupos, com representas das várias Arquidioceses e Dioceses, partilhou-se o resultado das reflexões vindas das comunidades.

Entre outros pontos, sobressaiu o crescimento do arrocho econômico, a volta do Brasil ao mapa da fome, demonstrando a urgência da CF 2023 – “Fraternidade e Fome”, o crescimento da desestruturação familiar, a acirrada polarização que dividiu famílias, pastorais, grupos e comunidades, a ponto de reconhecer uma divisão no seio da própria Igreja e ainda, o avanço de Fake News que cria uma “realidade paralela” e enfraquece as formas de organizações populares e eclesiais.

Na sequência, o Assessor Eclesiástico CEBs do Regional Leste 2, Pe. Manoel Godoy, apresentou sugestões práticas para a participação no intereclesial e deu dicas para a viagem, estadia durante o Intereclesial.

Eleição de articuladores e assessores

Dom Paulo Mendes Peixoto, Bispo referencial da CEBs e Arcebispo Metropolitano de Uberaba (MG), presidiu uma Celebração Eucarística no segundo dia de evento. No momento, o Arcebispo destacou quatro eixos: O tempo da Quaresma com seu caminho de conversão; A importância da Campanha da Fraternidade para a superação do flagelo da fome; Ano Vocacional 2023 valorizando cada uma das vocações e a importância das CEBs.

Na continuidade dos trabalhos, ocorreu a definição dos novos articuladores e assessores da caminhada das CEBs MG. Ficou definido que o Pe. Simony, da cidade de Unaí, e a Magda Melo, de Belo Horizonte, serão os novos articuladores. Pe. Manoel Godoy e Edna, de Itabira, ou Suzana, continuam na coordenação da CEBs no Regional Leste 2.

Houve também um momento de agradecimentos aos assessores e articuladores, com especial ênfase a Santinha, de Juiz de Fora.

Com informações de Denílson Mariano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira
plugins premium WordPress Pular para o conteúdo